O efeito borboleta

by

Eu juro que eu não queria. Não estava com a menor vontade de voltar a escrever sobre cotidiano, falar sobre minhas experiências de vida (tanto que nem terapia eu faço). No máximo um twitter para relaxar. Mas não deu.
Desde o começo do ano, eu tenho sido “borboleteada” por idéias de textos sobre Relações Internacionais (não se preocupem, não são textos científicos), textos sobre inutilidades colocadas à minha frente, e eu não consegui resistir.
Obviamente, pensei em levar minhas amigas para o buraco comigo. Afinal, amiga de verdade a gente chama, faz bico, ameaça chorar se elas não embarcarem conosco (claro que eu não faço essas coisas).
Meus lindos olhos conseguiram atrair três cúmplices, até o momento: Chris, Pri e Cindy (não, o nome dela não vem porque a mãe cantava girls just wanna have fun o dia inteiro). Vamos tentar atualizar, escrever coisas que a gente julgue interessante, e tentar nos manter com vontade de escrever.
Ah, se eu tivesse escolha, ficaria só com meus milhares de livros para o mestrado.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: